Sejam Bem Vindos...


Este Blog foi criado para compartilhar a palavra de Deus...
Se você está passando por momentos dificeis saiba:
Você está Em Obras!
Deus não te abandonou... Ele está trabalhando em teu favor...
Somente confie e descanse no Senhor...
Que Deus te abençoe em cada palavra e renove tuas forças para sempre estar firme nas promessas que Ele nos fez...


Translate

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Veneno e a Farinha



Depois Eliseu voltou a Gilgal. Nesse tempo a fome assolava a região. Quando os discípulos dos profetas estavam reunidos com ele, ordenou ao seu servo: “Ponha o caldeirão no fogo e faça um ensopado para estes homens”. Um deles foi ao campo apanhar legumes e encontrou uma trepadeira. Apanhou alguns de seus frutos e encheu deles o seu manto. Quando voltou, cortou-os em pedaços e colocou-os no caldeirão do ensopado, embora ninguém soubesse o que era. O ensopado foi servido aos homens, mas, logo que o provaram, eles gritaram: “Homem de Deus, há morte na panela! ” E não puderam mais tomá-lo. Então Eliseu pediu um pouco de farinha, colocou no caldeirão e disse: “Sirvam a todos”. E já não havia mais perigo no caldeirão.” II Reis 4:38-41

Há muito se tem falado, e é a pura verdade que, a cada dia que passa, a família vem sendo minada, destruída com idéias, leis e práticas que são verdadeiros venenos, que  levam à morte valores milenares da moral e da ética familiar.
Os pressupostos dessas ideologias venenosas dizem que o tipo de família contemporânea, não precisa ser resultante da união de homem e de mulher, macho e fêmea, para esses tais, a estrutura tradicional  e bíblica da família estaria ultrapassada para a realidade em que vive a sociedade atualmente.
Por que não homem com homem, mulher com mulher vivendo juntos?  Por acaso não seriam uma família, esses “ditos” casais? Por que tirar o direito desses “ditos” amantes que se denominarem família, também? Por que essas “famílias” constituídas por  indivíduos do mesmo sexo não teriam o direito de adotar uma criança e educá-la?
Segundo  pesquisa recentes, já são 60 mil desses “ditos” casais do mesmo sexo, que vive juntos e assim, teriam os mesmos direitos civis, gozados hoje, pelos casais heterossexuais.
Idéias perversas como essas, contrárias à Palavra de Deus, tem entrado sutilmente em nossos lares através dos meios de comunicação de massa: novelas, filmes, revistas… Os valores que outrora tínhamos como pilares da família,  estão sendo substituídos devagarzinho, o que chamamos de veneno da serpente.
O veneno da serpente não só tem atingindo aqueles que estão vulneráveis a ele, ou seja, os que não temem a Deus e a sua Palavra, mas, sobretudo tem também atingido muitos cristãos, que deixando de vigiar e ler a Palavra de Deus estão sendo infectado pela armadilha do inimigo.
A família cristã que, em sua missão, atuaria como conservadora e  defensora da moral e da ética humanas, passa então a enfermar com os vírus mundanos, fragilizada pelas circunstâncias e constantes apelos à uma modernidade social hodierna, contudo, sutilmente satânica.
Quantas famílias, não se apercebendo, foram deixando-se vencer e dominar por muitas práticas que na realidade nunca educaram nem educarão, pois nada de bom trazem em seu bojo?
Quantos filhos não encontram em sua casa um exemplo de vida, de amor, de respeito, de sossego e paz, que os façam desejar construir também, uma família feliz?
Com muitas famílias desestruturadas, não seria umas das causas dos distúrbios e transtornos de personalidade, na vida de muitos filhos?
Quero falar sobre alguns dos venenos da serpente que tem produzidos morte na família:
VENENOS QUE PRODUZEM MORTE, NA FAMÍLIA
São muitos os venenos que entram em nossos lares de maneira sutil, são trazidos de fora por Satanás e vai destruindo relações, dinamitando valores, rompendo laços que poderiam ser duradouros e abençoados, produzindo assim, destruição e morte.
Um das observações desse texto é: aquele que foi pegar as ervas para fazer o cozinhado, não “conhecia”que aquela erva era venenosa e que certamente mataria quem a comesse.
Esse desconhecimento em pegar determinadas “ervas” e levar para sua família comer, é que tem matado muitos. Precisamos saber o que está entrando em nossos lares, que tipo alimento estamos colocando diante de filhos, esposas. Oséias 4:6
Falaremos de quatro tipos de venenos muito comuns que tem destruído famílias:
1Desrespeito. Tanto pode acontecer na quebra de compromissos assumidos, como também nas palavras agressivas, na não valorização do trabalho desempenhado e na importância que o outro representa para aquela família. Esse tipo de comportamento gera a morte da auto-estima, do valor e da consideração, que são pressupostos de uma relação sadia e duradoura.
2.  Discórdia. Que são produzidas através de palavras venenosas carregadas de maldições, gerando brigas e agressões verbais e físicas.
3.   Insensibilidade. Quando não se dá a devida importância ao que o outro sente, pensa ou quer, tanto no campo emocional, sentimental, ou espiritual.
4.   Infidelidade. É a quebra das alianças, do compromisso de se viver em amor e respeito para com o outro por toda a vida. Esse veneno diabólico gera a insegurança e o desrespeito, produzindo morte de sonhos e maldição nas gerações que advirão desse relacionamento.
VENCENDO OS VENENOS DA FAMÍLIA
1.   Grito de socorro: “…eles gritaram: “Homem de Deus, há morte na panela! ” E não puderam mais tomá-lo.” Ter  o senso de perceber o veneno na panela da família, é a primeira coisa que se deve fazer, a fim de que não se morra pela boca. Gritar pelo profeta, pedir ajuda ao homem de Deus, é uma das formas de livramento.
Porque não gritou, morreu. Um grito é a liberação de um sentimento, de uma vontade, de uma satisfação ou de uma tristeza, angústia ou algo que não está bem dentro de si. Muitos têm morrido, por que não  gritaram, extravasando o que está lhe ferindo, machucando e doendo.
O salmista, certa feita disse: “Enquanto calei os meus pecados envelheceram meus ossos pelos meus constantes gemidos todo dia. Porque a tua mão pesava dia e noite sobre mim; e o meu vigor se tornou em sequidão de estio. Confessei-te o meu pecado e a minha iniqüidade não mais ocultei. Disse: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a iniqüidades do meu pecado” Sl 32:3-5.
Por não gritarem muitos já morreram e outros se encaminham para o cemitério. Em certo cemitério na Europa, em uma das sepulturas está escrito: “Morreu por palavras não pronunciadas”.
Deus ouve quando gritamos por socorro: “Pois não desprezou nem abominou a dor do aflito, nem ocultou dele o rosto, mas o ouviu, quando lhe gritou por socorro”.Sl 22:2
Peça ajuda pela sua família, grite por socorro, diga: Há veneno aqui homem de Deus!!! “Ao Senhor ergo a minha voz e clamo, com a minha voz suplico ao Senhor. Derramo perante ele a minha queixa, à sua presença exponho a minha tribulação. Quando dentro em mim me esmorece o espírito, conheces a minha vereda…” Sl 142:1-3.
2. Profeta Eliseu (“Homem de Deus, há morte na panela!) representava naquele momento crucial, onde a morte se avizinhava, a presença de Deus. Unção dobrada do Espírito Santo. Milagre presente. Intercessão que produz livramento.
Quando a presença de Deus está próxima de nós o milagre  acontece. Quando clamamos a Deus ele vem em nosso socorro. “E invoca-me no dia da angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás.” Salmo 50:15
3. Farinha milagrosa: “Eliseu pediu um pouco de farinha, colocou no caldeirão e disse: “Sirvam a todos”. A farinha é o que produz o milagre da vida na família.
A farinha nesse texto é usada pelo profeta Eliseu  como mistura para eliminar o veneno da panela. Ela não é a causa do milagre, mas é o instrumento que produz o milagre.
Para que o milagre aconteça na família faz-se necessárias algumas coisas importantes, a fim de que o veneno seja logo detectado e exterminado através de atitudes que possam gerar vida naquele ambiente familiar.
Há vários tipos de farinha que com sua mistura pode mudar os venenos produzindo milagre na vida:
Farinha do amor, do carinho, do respeito, da fidelidade,  sinceridade, da paciência, da valorização, do perdão.
Todas essas misturas, tendo Jesus presente, irão promover salvação do veneno da serpente (Satanás) que quer produzir morte em sua família.
Muitas vezes não conhecemos muito daquilo que trazemos para casa, mas conhecemos aquele que tem o poder do milagre de nos livrar de todo mal que quer destruir nossa família.
Tua família é bendita, lute por ela, grite, chame o profeta,  misture a farinha e você terá uma geração de abençoados na terra.

Um comentário:

Ministério Restituição com Cristo disse...

É por isso que eu sou Pernambucano e adoro farinha, rsrsrs eita mistériooooo! rsrsrs