Sejam Bem Vindos...


Este Blog foi criado para compartilhar a palavra de Deus...
Se você está passando por momentos dificeis saiba:
Você está Em Obras!
Deus não te abandonou... Ele está trabalhando em teu favor...
Somente confie e descanse no Senhor...
Que Deus te abençoe em cada palavra e renove tuas forças para sempre estar firme nas promessas que Ele nos fez...


Translate

quarta-feira, 8 de junho de 2011

O CARVÃO E O DIAMANTE





Vivemos em um mundo que busca essencialmente o conforto. Queremos as coisas mais fáceis a cada minuto, e isso contribui para um desequilíbrio cada vez maior entre as diferentes classes sociais em que alguns se tornam ricos e outros padecem necessidade do essencial. 

Isso também mantém certa equivalência no campo espiritual, pois queremos estabelecer para com Deus um “regime de trabalho” diferenciado, baseado em um tipo de código humano que assegure folgas, feriados, férias, décimo terceiro, fins de semana, etc. etc.

Acontece que servir ao Senhor do Universo representa mais que uma atividade da vida, pois é a própria vida, a nova vida daquele que nasceu de novo(II Tm 2:11; Gl 2:20; At 17:28).

O resultado é geralmente uma vida espiritual bastante cômoda, em que recolhemos as bênçãos que nos vêm à mão, nos alimentamos e ficamos esperando mais.

Tal postura mantém a pessoa na qualidade de cristão, mas não permite que sua qualidade diante de Deus seja aperfeiçoada.

O PODER DISPONÍVEL

O poder divino disponível para o homem nesta dispensação tem efeitos diferenciados, que dependem de uma série de elementos, como é o caso da eliminação dos impedimentos, da fé colocada em ação, da prioridade que se atribui ao reino de Deus e, de forma especial, das motivações pelas quais buscamos esse poder.

A MISSÃO

A missão de levar a mensagem de salvação e de fazer discípulos é a razão da existência do salvo e da Igreja durante sua jornada terrena, e não o exercício de uma boa vida, repleta de bem estar e de dádivas, embora elas sejam lícitas e do agrado do Senhor, que juntamente com Cristo nos deu acesso a todas as coisas (Rm 8:31-32).

“Não escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vos e vos nomeei para que vades e deis fruto e o vosso fruto permaneça: afim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai Ele vo-lo conceda” (uma chave de vida terrena e espiritual) Jo 15:16.

PODER (leva para) FRUTOS (leva para) AGRADAR A DEUS(leva para) PODER

(A CHAVE DO PODER)

Observe que a missão de ser luz do mundo e sal da terra(Mt 5:13) nos está atribuída sem margem para que a transfiramos a quem quer que seja, e que nem mesmo os anjos, que por ela anelavam, puderam ter tal privilégio(I Pe 1:12).

As razões são objetivas, pois a salvação somente ocorre pela ação do Espírito Santo que, nos dias de hoje, se encontra na Igreja, conduzindo-a como paráclito (Rm 10:14; João 16:6).

Infelizmente, nos dias atuais, nos meios cristãos, passa a ter primazia a busca de metas individuais, em detrimento dos objetivos do reino eterno, sendo poucos os que se dispõem a “gastar suas vidas” como fez Paulo(II Cor 12; 15), mantendo-se a realidade de que a seara é maior que o número de obreiros de verdade, embora o número de profissionais da religião seja imenso (Mat 9:37-38).

O interesse pelo poder não é, contudo algo novo e se tornou notório já no templo dos apóstolos quando um certo homem tentou “comprar” os dons(Atos 8:9-25).

A condição de realizar maravilhas é algo muito interessante, pois coloca as pessoas no centro das atrações, momento em que alguns não mais falam em comprar os dons, mas sim em vender os dons.

Nessa etapa, o “abençoado” detentor do poder se sente realizado, não quer nada além de manter a posição que galgou, mesmo que para isso tenha que pisar em muitos.

Acontece que o “poder legítimo de Deus”, que se avalia não pela intensidade da manifestação dos sinais, mas pelos objetivos desses sinais, somente se mantém intacto se a busca também se mantiver.

Isso pode parecer controverso, pois afinal quem tem o poder precisa ficar insatisfeito com que tem e buscar mais e mais?

O exemplo de Paulo nos confirma tal raciocínio, a ponto de o apóstolo não saber se escolhia o desejo de estar com seu Mestre ou a continuação de salvar almas para o reino(Fil 3:12; Fil 1: 17-23).

Não se trata de fazermos uma avaliação de como “os outros” estão se portando diante de Deus, mas sim de como “nós” estamos nos colocando à disposição de servir, mesmo que isso nos custe bastante do conforto, da segurança, ou da “felicidade” terrena.

O CARVÃO E O DIAMANTE

O título desta meditação tem uma razão significativa em relação ao comportamento que estamos considerando, que se dá, não diante dos homens, mas sim à luz da análise divina.

O carvão e o diamante são, em essência, formados pelo mesmo material: o carbono.

O primeiro tem uma estrutura frágil, com os átomos ligados de forma um tanto distante uns dos outros, cuja superfície tem a capacidade de absorve toda a luz que sobre ele incide, tornado-a escura, o que lhe confere a cor negra.

O segundo possui uma estrutura molecular extremamente densa, que o torna um dos mais duros elementos da natureza, devido a eras de submissão a altas temperaturas e pressão. Ele reflete praticamente toda a luz que incide sobre sua superfície, chegando a “brilhar no escuro” (João 8:12; Mt 5:14).

A Bíblia nos relata a entrada especial de Arão no lugar santíssimo, e nesse instante ele portava sobre o seu peito uma placa na qual estavam engastadas doze pedras preciosas que refletiam a luz de Deus, tornando aceitável o povo de Israel.

“E encherás de pedras de engaste, com quatro ordens de pedras: a ordem de uma sardia, de um topázio, e de um carbúnculo: esta será a primeira ordem.

E a segunda ordem será de uma esmeralda, de uma safira, e de um diamante;

E a terceira ordem será um jacinto, de uma ágata, e de uma ametista;

E a quarta ordem será de uma turquesa, de uma sardônica, e de um jaspe; engastadas em ouro serão nos seus engastes.

E serão aquelas pedras segundo os nomes dos filhos de Israel, doze, segundo os seus nomes: serão esculpidas como selos, cada uma com seu nome, para doze tribos.”

Êxodo 28: 17-21

Você não pode se conformar em ser um mero membro da multidão, mas precisa ser sacerdote de Deus. Isso, porém, tem um preço, que envolve pelo menos dois pontos:

1. Permanecer coberto pelo sangue de Cristo, mantendo firme a sua confissão. (Hebreus 10:23; 3:1; 4:14; 10:19).

2. Exercer santidade de vida, não sendo “bonzinho”, mas levando outras pessoas à salvação, pois isso tem o poder de cobrir uma multidão de pecados. (Tiago 5:1-20 sofreram, intercederam, confessaram, resgataram).

A QUESTÃO É: SEU DESEJO É SER CARVÃO, ABSORVENDO TUDO QUE RECEBE E REFLETINDO ESCURIDÃO, OU SER DIAMANTE, QUE MULTIPLICA A LUZ EM FAVOR DE OUTROS?



Por Élcio Lourenço

Um comentário:

Salviano disse...

Muito bom!Eu acredito que Deus criou o homem e deixou o manual de instrução, a “BÍBLIA SAGRADA!” A bíblia é a divina revelação da palavra de Deus e não produtos enlatados, eu costumo dizer que: “As pessoas precisam parar de comer tudo o que dão. E começar a questionar! ” Alguém escuta alguma coisa de alguém, e saem falando, sem questionar, sem saber se é verdade ou não. As pessoas precisam se perguntar! Será que a minha crença esta de acordo com a lei de Deus? Será que a religião que eu nasci sempre me falou a verdade? Quando uma pessoa morre pra onde ela vai? Ela volta? A bíblia apóia o homossexualismo? Quem não herdara o reino de Deus? O que devo saber sobre idolatria, imagens e escultura? O que devo saber sobre o único batismo? Será que tem uma seqüência para salvação? A quem eu devo me confessar, quem pode me perdoar? Religião salva alguém? Essas e outras perguntas e respostas em:
www.aunicaverdadeemsuapropriabiblia.blogspot.com
Você pode dizer, eu já sou salvo amém! Vamos atrás de quem não esta, divulgue este site, porque: Eis que vêm dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra, não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras do Senhor. E irão vagabundos de um mar até outro mar, e do norte até ao oriente; correrão por toda parte, buscando a palavra do Senhor, e não a acharão." ( Amós cap 8 ver 11 e 12 )Fale para outras pessoas, por que “O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns têm por tardia: mas é longânimo para convosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se.” (II Pedro cap. 3 ver 8) e “Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade. Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo o homem. (I A Timóteo cap 2 ver 5 e 6)
Seja sua bíblia, católica ou evangélica, aqui você vai tirar suas duvidas.